Preloader

Aluno Online          Comunicados

Não é só estudar!

Veja 5 dicas para se preparar para o Enem e vestibulares

Faltando três meses para a prova do Enem (Exame Nacional do Ensino Médio), candidatos têm que se focar no preparo. Na sequência, virão as provas da Fuvest, da Unicamp e da Unesp. Veja dicas do diretor pedagógico do Anglo Vestibulares, Daniel Perry, e do coordenador do Curso Etapa, Marcelo Dias Carvalho, para tirar mais proveito nessa reta final.

1. Estudar de 4 a 8 horas por dia
Para conseguir um bom resultado, Daniel Perry, do Anglo, recomenda que o estudante dedique de 4 a 8 horas por dia aos estudos, e que, acima de tudo, isso faça parte da rotina. “É importante que esses horários sejam cumpridos”, afirma. E faz um alerta: “Quanto mais concorrida a carreira, mais horas de estudo precisa.”

2. Usar vestibulares anteriores como base
Recomenda-se que o estudante use antigos vestibulares como base de estudo, afirma Marcelo Dias Carvalho. “Pode pegar até exames de quatro anos anteriores e resolver, ao mesmo tempo em que se continue revisando os conteúdos que podem cair no atual vestibular”, disse o coordenador do Etapa.

3. Estabelecer metas de estudo
“Metas contribuem para que o estudante mantenha o foco”, afirma Perry, do Anglo. Ele recomenda que o estudante leia o edital do vestibular que vai prestar para saber quais temas deve estudar. Com isso, poderá montar o próprio cronograma com metas de estudos levando em conta sua rotina, sem precisar abrir mão do lazer, trabalho ou outras atividades.

4. Dormir de seis a oito horas
Dormir de seis a oito horas por dia e se alimentar de maneira adequada, sem exageros, fazem diferença no aprendizado. “Sono de qualidade e alimentação saudável caminham juntos para uma boa aprovação”, afirma Carvalho, do Etapa.

5. Não tente adivinhar tema de redação
Estudar a estrutura da redação e não tentar adivinhar o tema são dicas dadas por Perry e Carvalho. “É importante fazer uma redação por semana, pelo menos”, recomenda o coordenador do Etapa. No dia da prova, o foco deve ser “ler com atenção os textos e a proposta”, diz Perry, que sugere ainda que os estudantes façam primeiro o que acharem melhor: a redação ou as questões.

Fonte: Metro Jornal

Se você tiver alguma pergunta, ligue-nos em (88) 3112-1000